dezembro 16, 2015

A Mesma Pessoa


Algumas semanas [ou meses] atrás, bombou a história de uma blogueira que decidiu apagar dezenas de fotos dela no Instagram e editar as que restaram para mostrar a realidade por trás daquilo. Corajosa... Manter o Instagram dá trabalho e ela chutou o balde. [rs.]

Bom, eu concordo que as redes sociais são bastante enganosas e apoio a opinião dela de que a nossa geração sofreu uma má influência da tecnologia.

De fato confesso que nunca fui uma 'selfie-girl'. Claro que depois que eu ganhei um iPhone eu sempre tiro fotos [principalmente se a minha maquiagem ficou legal rs.], porque eu sou uma pessoa normal, mas eu nunca tive o costume de posta-las. A minha conta pessoal no Instagram tem fotos de paisagem, de mim com a minha família e amigos ou com o meu cachorro [um montão dele! rs.] e muito poucas [acho que duas] sozinha.

Porém quando criei o Whisper eu queria que tivesse a minha cara, e para isso os leitores tinham que conhecer ela [e também porque o Instagram é como uma apresentação, um cartão de visita]. Eu precisava manter o perfil do blog ativo, mas não dá pra ser perfeita, legal, bonita e engraçada, tudo ao mesmo tempo, o tempo todo. Como eu já disse, eu sou uma pessoa normal.

Beleza. No fim das contas, eu busquei conselhos de pessoas mais inteligentes do que eu e fiz um planejamento para a rede social do blog, podendo ficar tranquila.

A questão é que a coisa toda de manter isso real nas redes sociais deve levar em conta muito mais do que a aparência. Por exemplo, eu não sou de postar [quer dizer, eu meio que tive de me adaptar por causa do blog - como já falei lá em cima -, mas enfim] porém eu conheço muita gente que posta e não se tornou superficial por isso. O problema não é postar uma foto em que se sinta bonita, pois não quer dizer que você está fingindo uma vida perfeita.

Ou seja, do meu ponto de vista, sua maneira de tratar as pessoas é o que importa mais. Assim como eu conheço pessoas bacanas e não fúteis que são meio que famosas no Instagram, conheço gente que até parece um amor nas redes sociais, e pessoalmente: só que não. Sem julgamentos, só dizendo.

Então, assim, eu acho que a gente precisa parar de se importar se os outros estão sendo reais e verdadeiros, sabe?! Faça a sua vida sem se preocupar como os outros estão fazendo a deles. Seja você a boa influência, só de raiva. Talvez isso te leve ao sucesso.

C'est tout,

S. xoxo
Blog Design by Kotryna Bass Design